terça-feira, 2 de agosto de 2011

Pau que nasce torto, tarde ou nunca se endireita.

É.

2 comentários:

Observador disse...

Achas mesmo, DD?

Reflecte.

Dança dos Dias disse...

Antoine,
estou em crer que tens conhecido os paus errados.
Ou então o problema é de mim. Deve ser isso.