terça-feira, 7 de junho de 2011

Esperem lá, esperem lá qu'é só mais uma coisa antes de me ir embora, ou como eu não falo só de mim, queridinhos, que gosto tanto de todos vós, sempre e cada vez mais.

Caríssimos: 

Após várias e extenuantes horas em trabalho de parto, tenho a comunicar-vos, com a mão direita sobre o peito e um profundo pesar a toldar-me o, já si,  atormentado e entristecido espírito, que o computador do Rui Pedro pariu. É um menino, nasceu rosadinho e bem de saúde, tendo aberto as goelas para o mundo no corrente dia ---- de Junho, do ano de dois mil e onze, pelas ----- horas e ---------- minutos. Sua graça? Vírus.

Puta que o pariu.

3 comentários:

L'Enfant Terrible disse...

É a tal coisa! Não usam contraceptivos depois nascem essas coisas!

Anónimo disse...

Que maçada...e ainda por cima um menino. Mal por mal podia ter parido uma bactéria, uma E.coli, sei lá! Um vírus é tão antiquado...

Vais mesmo viajar?!
Eu a trabalhar para melhorar o mundo e tu a trabalhar apenas para o conhecer. Tá mal, pá!

Boa viagem.

J.A.

Observador disse...

Trata o vírus com meiguice, DD.

Beijo