quarta-feira, 8 de junho de 2011

Ele há coisas que me fodem o sistema nervoso.

Ele anda sempre com cara de todos me devem e ninguém me paga, a mulher dele anda sempre de trombas.  Não preciso de pormenores íntimos da dita trancada, bastava que começassem a foder mais um com o outro e me fodessem menos a cabeça.


Obrigadinha.



8 comentários:

L'Enfant Terrible disse...

É fazer a sugestão de modo sorrateiro...um preservativo aparecer na gaveta, um kamasutra a aparecer em cima da secretária...

Eu próprio... disse...

o amor é mesmo fodido...

Anónimo disse...

Nem mais. Por vezes bastam pequenos ajustes para o universo se tornar mais harmonioso. Neste caso, bastaria que ele mostrasse a tromba somente (e diversas vezes) para a mulher. Aposto que, assim, ela deixaria de andar com cara de que todos lhe deviam e ninguém lhe pegava.

J.A.

Dança dos Dias disse...

Enfant, não sou assim tão subtil, um dia destes perco as estribeiras.


Eu próprio, não é o amor que é fodido, fodido deve ser, para eles, não foderem.


J.A., é muito complicado pegar-lhe, a tromba é demasiado grande e, convenhamos, eu, a ser homem e casado com ela, também não a fodia.
Ai não, não!


Fofinhos lindos, pardon my french!

Observador disse...

Seria uma boa solução.

:)

Dança dos Dias disse...

Esta é a solução para o mal de muita gente!

Anónimo disse...

E se ela mudasse para gasolina de 120 octanas............

Tudo se resume a sexo e nada mais existe para além do sexo...
Será? je m'en doute!!!!

Penso que ela tem de apostar é nela propria, fazer algo por ela e nada mais. O resto é utilizar as circunstancias em função dos seus interesses materiais ou sentimentais
Dias de Dança, nós somos sempre a pessoa mais importante nas nossas curtas vidas e direi mais:Nada mais existe para além de nós.... o resto é meramente instrumental.

Hoje é dia de bebedeira certa,e a goela por onde passar ondas revoltas de alto teor etilico, já ordenou para se porem em marcha os motores do esquecimento.

Gafanhoto

Dança dos Dias disse...

Gafanhoto, não será o caso de o teu motor não se aguentar?
É que, ainda antes da bebedeira, já pareces bêbedo.

Beijinho, querido.