segunda-feira, 30 de maio de 2011

Posto isto, a situação é menos grave do que eu supunha.

O Rui Pedro disse-me que eu sou uma escritora em potência.
Visto que potência não me falta, já não falta tudo.

12 comentários:

Anónimo disse...

Maldade do Rui Pedro, ou mera impotência em reconhecer o potêncial de uma verdadeira escritora.
Agradas-me, tens um certo "je ne sais quoi"...

J.A.

Dança dos Dias disse...

J.A., querido, preciso que me compres um novo computador...
O anterior queixou-se quando verti no teclado, por uma vez a chávena de café, por outra vez, a taça dos cereais.
Agora babei-me para o teclado deste.
Maldade a tua!

Dança dos Dias disse...

Ah! Mas ainda não esqueci que o menino J.A. me repreendeu pelos meus post's de gaja. Foi uma verdadeira facada no coração e no meu orgulho feminino!

Eu próprio... disse...

Arranja um babete que isso da baba é capaz de melhorar...

Anónimo disse...

Parece que a menina estava mesmo a precisar de um "tau-tau", os seus "posts de gaja" eram ainda piores que os "escritos" da Margarida Rebelo Pinto!
Não seja possidónia, a menina transpira feminilidade em todos os seus textos, não precisa de "posts de gaja" para insuflar o seu já ostensivo e patente orgulho feminino.

J.A.

Dança dos Dias disse...

Ai a minha vida! Os meus textos piores que os da Margarida?! Ai o caralho!
Agora vou amuar!
Nunca fui tão ofendida em toda a minha vida!

o anão gigante disse...

Twin turbo?

Anónimo disse...

Já que vais ser escritora, diz-me lá, vais carburar a Gasolina (poesia) ou Diesel(prosa).
E já agora não bastam cavalos ou xavalos (potencia), há que ter em consideração não só a cilindrada (narrativa) mas fundamentalmente a direcção, ou seja que importa a velocidade se não temos DIRECCCÇÇÇÃO.

Gafanhoto

Dança dos Dias disse...

Oh Anão, porra pá, que raio de memória a tua! Com uma cabeça dessas, era para armazenares mais alguma coisa, não?
Eu não disse que ando de triciclo? Sem turbo. Só pedais.
Mas aquilo, principalmente nas descidas, anda que é uma loucura!

Dança dos Dias disse...

Gafanhoto lindo do meu coração grande, grande, onde cabe tudo, até animais:

antes que me esqueça, no final do teu comentário, aquilo era uma pergunta retórica, certo? É que falta um ponto de interrogação e essas coisas deixam-me extremamente confusa...

Bom, queridinho, antes de te ceder todos esses tão íntimos pormenores que pedes acerca da minha amabilíssima pessoa, tens que me dizer quantos cavalos tens tu. Essas coisas são importantes para uma mulher, não vá eu apaixonar-me perdidamente por ti e descobrir que deixas muito a desejar a nível de potência.

Sim, querido?

Observador disse...

O inconveniente de chegar tarde dá nisto: não tenho nada a acrescentar e, além disso, só falo na presença do meu advogado.

Kiss

Anónimo disse...

Carissima Dra.VON

Desculpa lá o pretugess....o aspirante a escritor não sou eu..

Não tenho cavalos e muito menos éguas.Isto aqui não é nenhum estabulo da quinta da marinha de verdadeiros puros sangues de raça lusitana
Contudo disponibiliza-se Burro que ainda por cima é anão que se dedica exclusivamente a viagens de caracter cultural.Tem um ligeiro pormenor o filho da mãe já que o pai é de origem desconhecida, tem gostos sofisticados em particular o de degustar demoradamente Latte machiatto e sacher torte com muito chantilly de preferencia num exuberante cafe vienense.Mais informo que o gajo em alternativa também aceita tomar chá e scones em algumas requintadas pastelarias de Zurique.
O que é que se há-de fazer com a crise já tentei várias vezes a classe economica, e consequentemente que ele fosse às vicentinas ali para os lados do Rato, mas o fidalgo informou-me que não se queria encontrar com o Socrates porque andava com um ar muito proletario na actual campanha de salvação nacional.

A interrogação era exclusivamente para definir o tipo de carburante que a Dra. iria utilizar na proxima viagem a Viena ou Zurique, o resto era tão só uma afirmação de burro que se inicia em viagens de descoberta por mentes complexas que evitam subtilmente atraves da escrita rápida e certeira não se afogarem no mar do esquecimento........... mas ao que leio acho que a Doutora está mais virada para a gasolina e de preferencia com 120 octanas.


Gafanhoto