sábado, 13 de novembro de 2010

Coisas que assustam.

Sabes, há muito tempo que ninguém me olhava da forma que ele me olhou. Ou sou eu que não tenho prestado atenção ao que me rodeia, eu sei que é isso. Não sei se gostei. Os olhos fugiram-me para o chão. É difícil encarar novamente o mundo sem sentir algum receio.

Só sei que há muito tempo ninguém me olhava da forma que ele me olhou. E eu senti-me despida. Vulnerável.

2 comentários:

dEUsA disse...

Aconteceu-me uma coisa assim na semana passada, um sorriso que um "desconhecido" me lançou e que me deixou desarmada...
Mas eu sou uma cobarde nessas coisas complicadas do "amor"...
kiss

Dança dos Dias disse...

Oh, não sei se serás assim tão cobarde. Com o passar dos anos e alguns erros que cometemos temos mais tendência a protegermo-nos. Isso talvez nos iniba mais. Isso, pelo menos, é o que acontece comigo...