quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Era uma vez um elefante que morreu atropelado por uma formiga.

A maioria das vezes, as histórias não acabam da forma esperada. Tampouco costumam acabar em bem. Podíamos ter sido tão amigos, tu e eu, pá.

3 comentários:

Observador disse...

E a formiga? Nem uma beliscadura?

:)

Anónimo disse...

Eu bem que te avisei em relação a esse Morfeu. O que esperavas tu de alguém que já teve nos braços inúmeras mulheres?!

J.A.

francisco disse...

Sim, realmente poder, podíamos.
Mas não era a mesma coisa... :)