terça-feira, 30 de agosto de 2011

Grandes mudanças.

Ou permaneço no conforto da segurança que conquistei ou dou um salto no escuro, sem pára-quedas.

21 comentários:

Anónimo disse...

os saltos sem pára-quedas podem sempre fazer ter acesso a algo que até então é desconhecido e que até se gosta, precisa ou prefere. Manter-nos agarrados à segurança do conquistado…é mesmo quando é bom o que se conquistou e não se quer arriscar a ter pior, perdendo a possibilidade de ter melhor. Eu salto!
H.S.

dEUsA disse...

Salta...

Dança dos Dias disse...

Provavelmente, não o farei. O escuro é demasiado escuro.

Anónimo disse...

Vas y vas y fonce


Gafanhoto

Wolve disse...

Se te serve de consolo, morei dois anos com 3 gajos, e neste momento só eu é que não pulei - mas pular mesmo, de mãos à frente e atrás. Também sou o único que ainda está na penúria.

Dança dos Dias disse...

Gafanhoto, empurra-me lá a ver o que t´acontece!

Dança dos Dias disse...

Wolve, e isso é suposto consolar-me em quê? Eu gosto é de ver o pessoal feliz e realizado, que sou uma gaja bué da fixe!

Wolve disse...

Porreiro, pá!
E ja agora, quem disse que não sou realizado?

Dança dos Dias disse...

A mim ninguém disse nada que sou como o corno, sou sempre a última a saber das novidades. Moi même não disse nada. Tens que ler melhor o que escrevi, sim?

Wolve disse...

Creio que li tal e qual como está escrito.

Dança dos Dias disse...

Não leste, não.
Repara, eu disse que ficava gostava de ver pessoas felizes e realizadas. Até aqui tudo certo, não é?
Em momento algum, disse que TU não eras uma pessoa realizada.

Assim não dá. Esta explicação cansou-me o cérebro sobremaneira. Humpf.

Wolve disse...

lol. Quando disse que te servisse de consolo, falava de mim, de estar encalhado, não de eles terem saltado. Era sobre mim.
Porreiro, és uma fixolas.
Mas se gostas de ver pessoal realizado, estavas a falar deles. Eu estava em contraste.

Sabes que mais? Whatevs. Pointless.

Dança dos Dias disse...

Ahaha

Apanhado! Estava a ver que a coisa estava difícil. Afinal e, sem ser preciso ser eu a dizê-lo, confessas que não estás assim tão realizado. Bah.

Deixa lá isso. Os comboios fazem algumas greves, alguns percursos até deixam de fazer-se, mas ainda há por aqui uns quantos em linha. Compra bilhete, pá.

Wolve disse...

Expressei-me mal, agora.

Let's put it simple: eu não tenho para onde saltar. É só isso. Estou onde estou, e este acaba por ser o melhor sitio para estar. Sou realizado? provavelmente sim. Mas será isso assim tão interessante?

Dança dos Dias disse...

Certo, certo. Vou manter a boca fechada ou então vou só ali cortar a pontinha dos dedos e já volto.

Wolve disse...

Espera lá!
TU é que disseste que eles eram realizados, e eu, estando em contraste não sou! TU é que estavas a dizer isso implicitamente!

Damn it, woman! Baralhaste-me!

Dança dos Dias disse...

Humpf.
Estava a ver que tinha que fazer um desenho antes de ir cortar os dedinhos. Logo eu, que nem tenho talento p'ra desenhar.

Baralha e volta a dar. E
De qualquer das formas, eu também não tinha grande jogo.

Wolve disse...

Já agora, onde é que tiraste esse teu curso de "sarcástico"? Pareces bastante fluente...

Dança dos Dias disse...

Eu aprendi desde o berço, mas há sítios onde podes candidatar-te e tirar um curso intensivo.

Oh.

Wolve disse...

"Isso é e sempre foi a minha peronlidade". Oki-doki.

Dança dos Dias disse...

Ah, eu tenho uma peronlidade do caraças. Tenho, tenho.