segunda-feira, 4 de julho de 2011

Atirei-me à cozinha na disposição de cozinhar qualquer coisa que implicasse mais que marcar os minutos no microondas ou ligar o forno do fogão. Estava com vontade. Abri uma garrafa de vinho e meti mãos à obra.

Acabei bêbeda e sem jantar.

6 comentários:

Eu próprio... disse...

Acontece aos melhores...

o anão gigante disse...

A falta que faz uma educação severa.

Dança dos Dias disse...

Eu próprio, se acontece aos melhores, tinha, definitivamente, que acontecer-me!

Dança dos Dias disse...

Anão, juro, quando te passar essa febre conversamos com calma sobre o assunto. Pode ser que me dês umas dicas sobre como levar uma vida saudável e comedida!

Deitar cedo e cedo erguer... sabias?

Observador disse...

E deu menos trabalho...

Dança dos Dias disse...

É. Um verdadeiro luxo. Directamente da cozinha para o sofá! Não deu trabalho nenhum!