quarta-feira, 25 de maio de 2011

Não tarda nada, vai começar a fazer parte das conversas de engate.

Pronto, pronto, eu sei. Já devia ter escrito algo verdadeiramente decente, assim a roçar a genialidade, um texto bonito, cuidado, profundo. Já devia ter dedicado a minha atenção de pseudo-escritora frustrada ao tema do facebook. Hoje vai ser o dia, mas só porque 90% das conversas alheias que me chegam a estes dois ouvidinhos que, se alguma alminha caridosa me fizer a vontade, a terra não há-de comer, abordam o tão famoso tema.
Queridinhos, eu também consigo conversar sobre o facebook. Eu também consigo escrever sobre o facebook. Melhor ainda, eu consigo utilizar o facebook em todas as minhas frases.

Ora vejamos:

- O Sócrates facebook é fixe!
- Eu tenho uma conta no facebook, tenho, tenho.
- A minha mãe tem uma conta no facebook onde já aprendeu a postar músicas encontradas no youtube.
- Eu e a minha mãe não somos amigas no facebook.
- Deu-me uma fome dos diabos.
- Os amigos que tenho contam-se pelos dedos de uma só mão, mas lá, no facebook, consigo ter nove, quase duas mãos-cheias deles, portanto.
- Um dia destes, o jantar em casa da minha mãe estava marcado para as oito, no entanto, jantei às oito e trinta e sete, porque a minha mãe perdeu a noção do tempo no facebook.
- Tenho mais fome agora do que há dois minutos atrás.
- O facebook devia ter um serviço de despertar-para-a-vida  com vista a que as pessoas pudessem voltar a realizar todas as tarefas mundanas que realizavam até à data da criação da conta no facebook. (Esta frase marca mais pontos porque a palavra facebook foi utilizada duas vezes.)
- Adoro o facebook!
- Vou viciada em batatas fritas.
- O sítio deste planeta onde se encontram as pessoas mais interessantes é no facebook, ah!, e felizes.
- Em ... seria muito feliz.
- As pessoas colocam muitas fotografias no facebook, qual delas a mais bonita, nunca vi por lá uma má fotografia, toda a gente mostra o seu melhor perfil.
- As minhas melhores fotografias estão escondidas.
- Eu e a minha mãe ainda não somos amigas no facebook, primeiro é melhor começarmos pela vida real, que as coisas devem sempre começar pelo início, como já lhe expliquei um dia destes.
- Estou a babar enquanto penso em sopa de grão.
- Também ia bem baba de camelo.
- Uma das coisas boas do facebook é que se encontram todas as pessoas, mesmo aquelas que não queremos que nos encontrem.
- Acabei de ver no meu facebook cerca de treze pedidos de amizade de outros utilizadores, até os conheço pessoalmente, alguns há anos, porém, declinei delicadamente os pedidos, porque agora não estou numa de amizades.
- Talvez seja  melhor ir comer qualquer coisa... 
- Só mais um cigarro, vá.
- Se as pessoas pudessem foder através do facebook era tudo muito mais simples, já ninguém tinha que se dar ao trabalho de sair de casa, correndo o risco de apanhar uma desilusão e ir para casa com o rabo entre as pernas.
- Pronto, não aguento mais, vou comer.


3 comentários:

Eu próprio... disse...

Ahahah...muito bom!
Só faltou dizeres se comeste baba de camelo, batatas fritas ou sopa de grão!

João Pedro disse...

Por acaso agora até o Exmo. PR usa o facebook para teclar ao país. Essa do foder no facebook deixou-me a pensar, podia ser uma óptima medida de combate à Sida.
Já imagino:
Fode com quem quiseres no facebook, não há riscos de doenças.
4759394 likes

Dança dos Dias disse...

Ahahaha
Muito bom João Pedro, muito bom!
Essa ideia é genial. Devias ver se consegues pôr isso a bombar, ainda ficas milionário!