segunda-feira, 23 de maio de 2011

Até há cinco minutos atrás, eu tinha um aquário na minha sala. Tinha tudo: areia, conchas de vários tamanhos, pedrinhas, velas e areia. Bom, não tinha peixes.
Misteriosamente, o sofá arrastou-se como que por magia pelo chão, foi contra ele e partiu-o.
Digo-vos, não fui à praia mas consigo sentir a areia debaixo dos pés.

3 comentários:

L'Enfant Terrible disse...

Esses sofás conspiradores...

Eu próprio... disse...

Cuidado com os vidros...podes pensar que é uma concha mais dura...

Anónimo disse...

Há coisas bem piores, como sentires o mundo a fugir-te debaixo dos pés.